NATAL, um paraíso de sol e mar.

Sol, praias e belezas naturais são alguns dos atrativos que aguardam o turista em Natal. A natureza foi mesmo generosa com a capital do Rio Grande do Norte, uma cidade de médio porte, mas que é uma grande potência do turismo brasileiro. A fama mundial se justifica, não só pelo que a natureza oferece, mas também por aspectos como a hospitalidade do povo e a culinária típica do estado.

Há espaço para todos os gostos. O turista que traz a família pode optar por passeios nas famosas praias da orla urbana e de municípios próximos. No litoral Sul, a praia de Ponta Negra reserva uma agradável vista do Morro do Careca, uma imponente duna de areia em meio à densa vegetação, que já se tornou cartão postal da cidade. Partindo para o litoral Norte, a praia de Genipabu, umas das mais famosas do estado, oferece dunas deslumbrantes, trilhas em buggys e exóticos dromedários, um roteiro inesquecível.

Vista Panorâmica da Cidade de Natal

O astro mais famoso do verão reina no céu natalense boa parte do ano, permitindo que o turista aproveite as atrações a qualquer época, inclusive na baixa estação. Natal encanta a todos por sua extraordinária beleza, especialmente das praias e dunas de areias   brancas. Um passeio pelo vasto litoral potiguar facilmente confirma tudo o que se diz a respeito da generosa doação da natureza a esse recanto nordestino, no extremo do território brasileiro e do continente sul-americano. Para efeito de traçado de um roteiro turístico, o passeio pode ser divido em três rotas: CENTRO, SUL E NORTE, cada um deles com suas peculiaridades.

Os esportes aquáticos são os mais procurados, como o surf e o windsurf, nas praias urbanas de Ponta Negra e dos Artistas; e o mergulho, nas piscinas naturais. Em terra firme, os passeios de bugue pelas dunas ganham a companhia de emocionantes ralis a bordo de veículos 4×4, motos e caminhões. Já os amantes do trekking encontram trilhas no Parque das Dunas, encravado em uma área de preservação ambiental. Os 400 quilômetros de costa de Natal e arredores, emoldurados por dunas, recifes, falésias e piscinas naturais, fazem da capital do Rio Grande do Norte um dos destinos mais procurados do país. Junte-se a tudo isso passeios de bugue, rústicas vilas de pescadores, natureza preservada, noite agitada e sol quase todos os dias do ano.

Praia de Genipabu nas Dunas de Natal

Nem só de praias e dunas vive o turismo em Natal. A cultura também fazer parte do roteiro da cidade, que tem muitas histórias para contar. Natal foi fundada pelos portugueses no século 16, com a construção do Forte dos Reis Magos. A fortaleza, com formato semelhante ao de uma estrela de cinco pontas, é um dos principais cartões-postais da cidade e tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional; a cidade reúne construções em estilo neoclássico que abrigam teatros, casas de cultura e poder executivo e legislativo e judiciário.

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, mais conhecido como Parque da Cidade de Natal, é um parque urbano em construção na Cidade do Natal, capital do Rio Grande do Norte, Brasil. O projeto arquitetônico é de autoria de Oscar Niemeyer e ocupará 64 hectares, contando com um enorme monumento (pórtico de entrada) e, dentro dele, está um memorial da cidade, biblioteca, restaurante panorâmico, auditório, escola de educação ambiental, além de um sistema de circulação de pedestres e veículos, e trilhas ecológicas.

Natal conta com diversos espaços para a comercialização de artesanato. Só em Ponta Negra são dois endereços – Vilarte e Mercado de Artesanato de Ponta Negra. Em cada feira ou mercado é impossível não se surpreender com a infinidade de peças em argila, madeira, tecido, vidro, pintura, além de castanha de caju, cachaças e temperos locais. Vale à pena conferir os preços antes de comprar, uma vez que há produtos semelhantes em diversas lojas e barracas.

Para adquirir trabalhos em renda de labirinto é preciso disposição.  A cooperativa das rendeiras da região funciona no distrito de Campo de Santana, no município de Nísia Floresta. São 45 quilômetros de viagem, recompensados por bonitas toalhas de mesa, passadeiras, capas de almofada e guardanapos. Matéria autoral atualizada, anteriormente publicada na Revista Acontece-Editada para Site: Jornalista Leci da Silva.